domingo, 5 de julho de 2015

EXPEDICION RUTA DE LOS ANDES 2015 - Parte V - ACRE. UNS VÃO OUTROS FICAM (Dias 09, 10, 11)



DIA 09 - ARIQUEMES/RO a RIO BRANCO/AC (11/04/2015)

Neste trecho tivemos mais um incidente, que acabou por ocasionar nova separação em nosso grupo: ao sairmos do hotel, verificamos que o pneu dianteiro da moto de Helenildo estava baixo. Por sorte não foi na estrada, e havia um borracheiro a uns 50 metros do hotel. Seria só aguardar a abertura da borracharia, providenciar o conserto e prosseguir viagem.



Como havia pressa para chegarmos em Rio Branco/AC, pois Hélio tinha passagem aérea marcada para Recife/PE, na madrugada do dia seguinte, resolvemos que eu e Hélio seguiríamos na frente, e os demais logo após o conserto da moto de Helenildo.

Eu e Hélio partimos às 06:27 h, tendo como primeira parada, Porto Velho/RO. Seguimos pela BR 364. Chegamos em Porto Velho/RO ás 08:23 h, percorrendo 200 km neste trecho. Aproveitamos para tomar nosso café da manhã, já que, para ganharmos tempo, não quisemos esperar o do hotel. Partimos para nossa próxima parada, às 09:00 h.

Continuamos pela BR 364 e fizemos nossa próxima parada na cidade de Abunã/RO, onde poucos quilômetros depois se faz a travessia de balsa do Rio Madeira. Nesta cidade estão expostas ao lado da estrada, velhas locomotivas, que acredito devem ter sido usadas na antiga ferrovia Madeira-Mamoré. Eu não parei para tirar fotos, mas a turma que vinha logo após nós, não deixou passar batido. Chegamos às 11:20 h, percorrendo 225 km neste trecho. Creio que fizemos a parada mais rápida de toda a viagem, pois às 11:34 h já estávamos de partida para o trecho seguinte. Rodamos poucos kms (uns 08 ou 10) e chegamos às margens do rio Madeira. Esperamos pouco tempo e logo já estávamos na balsa que faz a travessia. Trata-se de um rio muito largo, e a balsa leva muitos veículos de uma só vez. Segundo nos informaram há o projeto de construção de uma ponte, que ficaria pronta em uns 02 anos. Conhecendo o ritmo das obras públicas no Brasil, não contaria com essa ponte nos próximos anos...Nesta travessia tive uma prova de que ainda existem pessoas honestas: deixei cair minha carteira, com documentos e dinheiro, nem percebi, e de pronto uma pessoa veio me entregar, intacta! Chegamos à outra margem do rio às 12:27 h. Continuamos pela esburacada BR 364, até nossa próxima parada programada.































video

Logo na divisa RO/AC, pegamos uma chuva braba, mas como julgávamos que logo chegaríamos na entrada  para a cidade de Acrelândia/AC, onde pretendíamos parar, não vestimos nossas roupas de chuva. Chegamos a um posto à beira da BR 364, completamente ensopados, às 14:15 h, percorrendo 200 km neste trecho. Mais uma vez as fotos da placa da divisa de estados ficou por conta da turma que vinha logo após nós. Fizemos as atividades de praxe e partimos para o trecho final até Rio Branco/AC, aproveitando uma pausa na chuva.

















Não registrei nenhum dado deste trecho final (nem horário de partida, nem quilometragem, nem horário de chegada), infelizmente. Uma chuva torrencial nos pegou neste trecho final, ao ponto de a visibilidade cair para quase zero. Cogitei em parar em algum posto e aguardar a chuva passar ou diminuir sua intensidade. Graças à insistência de Hélio, que tinha pressa em chegar logo em Rio Branco/AC, prosseguimos viagem e por sorte a chuva logo diminuiu sua intensidade. Chegamos em Rio Branco/AC no final da tarde, ainda claro e a quilometragem deste trecho indicada pelo Google Maps é de aproximadamente 100 km. Não demoramos muito, e localizamos o hotel que nosso amigos acreanos, Alício e Raphael,  haviam nos reservado, o INÁCIO PALACE HOTEL. Mal nos alojamos e pouco tempo depois, Helenildo Lauro e Rodolfo chegaram ao hotel. Eles, assim como nós, fizeram uma viagem tranquila, sem incidentes.

Nosso amigo Alício, foi nos conhecer pessoalmente no hotel (antes só nos comunicamos por e-mail ou WhatsApp), e convidou-nos para jantar em um restaurante de comida típica peruana, já para entrarmos no clima. O local era muito agradável, localizado num ponto mais elevado da capital acreana e a comida era muito boa. Bebemoramos nosso feito saboreando algumas rodadas de pisco sour. O restaurante era o Peru 501.

De lá Alício ainda foi levar Hélio até o aeroporto, onde iria pegar vôo para Recife/PE, de onde só retornaria 02 dias depois. Ele tinha uma audiência marcada no juizado de pequenas causas de Vitória de Santo Antão/PE. Nossa turma iria se dividir novamente: eu ficaria em Rio Branco/AC, aguardando a volta de Hélio para continuarmos a viagem e os demais - Helenildo, Lauro e Rodolfo seguiriam logo na manhã seguinte, em direção ao Peru.

QUILOMETRAGEM DO DIA:    725 KM.
QUILOMETRAGEM TOTAL:  5.436 KM.

DIA 10 - RIO BRANCO/AC, VITÓRIA DE SANTO ANTÃO/PE e PUERTO MALDONADO/Peru (12/04/2015)

Conforme comentei no item anterior, apenas 04 dos ruteiros pernoitaram em Rio Branco/AC (eu, Helenildo, Lauro e Rodolfo). Hélio viajou ainda de madruga, indo de avião até Recife/PE e somente voltaria 02 dias depois. Eu resolvi que ficaria esperando por ele e os outros prosseguiriam com o roteiro original, partindo na manhã de 12/04/2014 em direção a Puerto Maldonado/Peru.

Acordei cedo para me despedir dos viajantes, desejando-lhes boa viagem.
















Enquanto nossos três pioneiros viajavam para Puerto Maldonado/Peru, eu aproveitei o domingo para descansar. Após o café da manhã dormi mais um pouco e somente saí à tarde. Fui ao shopping para almoçar e fazer algumas compras. À noite jantei numa lanchonete em frente ao hotel mesmo.

Fiquei na expectativa de notícias dos 03 ruteiros que estavam em deslocamento. Somente após chegarem ao hotel que nós reservamos - HOTEL PUEBLO VERDE, tive notícias deles. A viagem transcorreu tranquila, mas eles se decepcionaram com o hotel. O ar condicionado não funcionava e a água do banho vazava para o quarto! Como eles chegaram tarde e cansados, acabaram dormindo por lá mesmo.

O mapa, os dados de quilometragem e os horários de partida/chegada relativos a este trecho, serão reportados quando postar a minha viagem e a de Hélio. Seguem algumas fotos da viagem dos 03 pioneiros, neste dia.






DIA 11 - RIO BRANCO/AC, VITÓRIA DE SANTO ANTÃO/PE e CUSCO/Peru (13/04/2014)

Na segunda-feira, 13/04/2015, aproveitei o dia em Rio Branco/AC para cuidar de minha BMW Sertão. Levei minha moto a um mecânico/eletricista de confiança de Alício, para dar mais uma revisada na bateria. Ela foi verificada e aprovada.

Depois fomos ao restaurante do pai de Raphael, que havia chegado de viagem a São Paulo/SP. Uma boa comida nordestina, e Raphael ainda não me deixou pagar a conta. Almoço bom e preço 0800! De lá ainda fomos a um lava-jato, dar um "banho" na BMW Sertão. Enquanto ela era lavada fui na casa de Raphael, conhecer sua máquina e os baús laterais que ele comprou. Ele tem uma BMW F 800 GS Adventure.



Voltei de carona com Alício ao lava-jato, para pegar minha moto e voltar ao hotel. Tive de esperar eles concluírem, mas valeu a pena. A Sertão ficou zero bala! Voltei ao hotel e somente saí novamente à noite. Fui a uma reunião do grupo de amigos de Alício e Raphael. Fui muito bem recebido por todos, batemos um bom papo num barzinho à beira do canal da maternidade, área urbanizada e muito agradável de Rio Branco/AC.














Mais tarde, Alício, eu e Raphael seguimos para o aeroporto, esperar Hélio, que retornava de Recife/PE. No dia seguinte Hélio e eu retomaríamos nossa viagem, para nos encontrar com os pioneiros Helenildo, Lauro e Rodolfo.

Por mais que agradeçamos toda a atenção que nossos colegas Alicio e Raphael nos dispensaram, ainda será pouco. Esperamos que um dia eles venham à nossa cidade, e possamos tentar retribuir na mesma moeda.

Enquanto tudo isso ocorria em Rio Branco/AC, nossos 03 pioneiros realizavam a viagem no trecho Puerto Maldonado/Peru a Cusco/Peru. Novamente a demora em saber notícias deixou a todos apreensivos, quer seja em Rio Branco/AC ou em Recife/PE.  Somente por volta das 22:00 h eles deram notícias. Disseram que a viagem foi muito demorada, por conta das estrada muito sinuosa e pelas muitas paradas para fotos. Mas todos chegaram bem. Agora eles teriam 03 dias em Cusco/Peru, onde nos esperariam, para continuarmos juntos nossa viagem. 

O mapa, os dados de quilometragem e os horários de partida/chegada relativos a este trecho, também serão reportados quando postar a minha viagem e a de Hélio. Seguem abaixo algumas fotos da viagem deles neste dia e também um vídeo com o resumo de nossa jornada, de Recife/PE à fronteira com o Peru.



















Nenhum comentário:

Postar um comentário